quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal de Rosa Maria



MENSAJE A TODOS EN ESTAS NAVIDADES.


DESEO PARA TODOS UN RENACIMIENTO INTERIOR DE BUENOS SENTIMIENTOS.

LA NAVIDAD, QUE DIERON ESTA FECHA, DEBE SER TRANQUILA PACÍFICA Y CON MUCHA LUZ.

ENVUÉLVANSE EN LUZ, PORQUE LA OBSCURIDAD INTENTARÁ QUE SIENTAN TRISTEZA, NOSTALGIA O CUALQUIER SENTIMIENTO NEGATIVO.

INTENTARÁ HACERLOS RECORDAR COSAS NEGATIVAS.

ENVUÉLVANSE EN LUZ, Y QUE ESTA LUZ LLEGUE AL CHAKRA CARDÍACO, PARA QUE FLUYA EN USTEDES PRINCIPALMENTE EL AMOR COMPASIVO.

HAGAN TODO CON TERNURA, TOLERANCIA Y PACIENCIA.

ES IMPORTANTE CONSEGUIR DAR UNA SONRISA, CONSEGUIR SER PACIENTES Y CONSEGUIR LIMPIAR LOS BLOQUEOS DEL EGO.

EL RESTO NO IMPORTA. NO HAY NECESIDAD DE TANTA COMIDA. ES MEJOR LA SIMPLICIDAD.

SEAN SENCILLOS Y VERÁN QUE SERÁN MÁS FELICES.

A TODOS MUCHO AMOR EN EL CORAZÓN.

QUE SANTA SARA LOS PROTEJA.

ROSA MARIA, GITANA DE ORIENTE
psicografia de Monica Urzua Ytier, Vigo

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

MANSAGEM DE NATAL DE ROSA MARIA




Mensagem a todos neste Natal.
Desejo para todos um renascimento interior de bons sentimentos.
O Natal, que, deram esta data, deve ser tranquilo, pacífico e com muita Luz.
Envolvam-se em luz, porque a escuridão tentará que sintam tristeza, nostalgia ou qualquer sentimento negativo.
Tentará fazer-lhes recordar coisas negativas. Envolvam-se na luz, e que esta Luz chegue ao chakra cardíaco, para que flua em vós principalmente o Amor compassivo.
Façam tudo com ternura, tolerância e paciência. É importante conseguir dar um sorriso, conseguir ser pacientes e conseguir limpar os bloqueios do ego.
O resto não importa, não há necessidade de tanta comida. É melhor a simplicidade.
Sejam simples, e verão que serão mais felizes.
A todos muito Amor no coração. Que Santa sara os proteja.
ROSA MARIA, Cigana de oriente
Psicografia de Monica Urzua Ytyer, Vigo

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Na hora de ir embora....



Um homem morreu intempestivamente…
Ao dar-se conta viu que se aproximava um ser muito especial que não se parecia com nenhum ser humano. Levava uma maleta consigo… E disse-lhe:
- Bem, amigo, é hora de irmos… Sou a morte…
O homem, assombrado, perguntou à morte…
- Já?… tinha muitos planos para breve…
- Sinto muito, amigo… Mas é o momento da tua partida
- Que trazes nessa maleta? E a morte respondeu-lhe:
- Os teus pertences.
- Os meus pertences? São as minhas coisas, as minhas roupas, o meu dinheiro?
- Não amigo, as coisas materiais que tinhas, nunca te pertenceram… Eram da terra.
- Trazes as minhas recordações?
- Não amigo, essas já não vêm contigo. Nunca te pertenceram, eram do tempo…
- Trazes os meus talentos?
- Não amigo, esses nunca te pertenceram, eram das circunstâncias.
- Trazes os meus amigos, os meus familiares?
- Não amigo, eles nunca te pertenceram, eram do caminho.
- Trazes a minha mulher e os meus filhos?
- Não amigo, eles nunca te pertenceram, eram do coração.
- Trazes o meu corpo?
- Não amigo… Esse nunca te pertenceu, é propriedade da terra.
- Então, trazes a minha alma?
- Não amigo, ela nunca te pertenceu… era do Universo.
Então o homem, cheio de medo, arrebatou à morte a maleta e abriu-a, e deu-se conta de que estava vazia…
Com uma lágrima de desamparo a brotar dos seus olhos, o homem disse à morte:
- Nunca tive nada?
- Tiveste, sim… meu amigo… Cada um dos momentos que viveste foram só teus…
A vida é só um momento… Um momento todo teu. Desfruta-o na sua totalidade….
Vive o AGORA. Vive a TUA VIDA.
E não te esqueças de SER FELIZ.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

MENSAGEM DE MÃE MARIA



Aos amigos e trabalhadores da NAVE Luz a mensagem abaixo esta sendo repassada para que todos possam desfrutar e se prepararem para ancorarem em seu coração as novas frequencias
cristalinas da Terra.
Podem divulgar livremente porque quanto mais pessoas ancorarem novas frequencias mais favorável a transição energética de todos.
Desejo boas orações e grandes meditações a cada um, pois este é o caminho mais rápido para acessarmos a Divindades em nós.
Abraços.

MENSAGEM SOBRE O PERÍODO DE 12/12/2010 A 21/12/2010.

A efusão de energia que descerá mais intensamente no
período de 12/12/2010 a 21/12/2010será sentida pelos irmãos
terrenos -alguns tendo sintomas físicos, outros tantos sentindo
uma abertura de sua consciência. Consciência esta espiritual,
como se o véu que cobre nossas lembranças cairá e virá em
nossas telas mentais, todo o projeto de vida de cada um.
Teremos mais clareza do nosso caminho, fichas cairão nos
indicando e levando a novas posturas, a novas atitudes
e a novos comprometimentos. Comprometimento em várias
áreas de nossas vidas, mas principalmente na nossa trajetória
espiritual, desde tempos atrás já aceita, já definida, mas que
neste momento urge a necessidade de assumirmos o que
protelamos, deixamos passar, pelo envolvimento com as paixões
humanas que despertam nosso ego e nos ocupam
de forma nada elevada.

É chegado o momento de decidirmos a estrada que
queremos percorrer, esta estrada é o que vai nos elevar
com boas vibrações, trocando nossa energia por outras
mais elevadas, nos conectando com a quinta dimensão,
saindo da terceira e quarta.
Para que isto aconteça tentem estar conectados
com sua divindade, através da oração e meditação,
assim a conexão fica mais fácil, o acesso às respostas
vem mais rápido. A música que escutarmos deve ser
aquela que vibre boas energias, músicas orquestradas
ou apenas tocadas, estas tocam alma e, produzem uma
corrente de vibrações energéticas que conseguem
penetrar amenamente em nossos corpos reproduzindo
neles partículas de luz, isto vai como se fosse uma onda
atingindo até suas células, alimentando-as de cargas
energéticas positivas, irradiando-as célula a célula,
trazendo um bem estar enorme ao irmão.

Então, use a meditação, a oração, a música para que
a ligação se complete com o alto, assim se
tornando agentes do Cristo e, como trabalhadores
que são, levem esta energia e dividam-a com todos
aqueles que estão perdidos no caminho, pois uma
simples transferência pode ser um começo para
aqueles que desequilibrados sentirão-se tocados
e, pode ser aí um início de mudança, uma percepção
diferente da época em que vivem.

Neste período, nos dias 12 e 21, se coloquem à disposição
da espiritualidade, mesmo que seja com uma simples
oração que saia do coração singelo de cada um, pois
necessitamos do trabalho de todos para que esta
efusão de energia se sustente aqui na Terra, despertando
o maior número de irmãos para a nova Terra
que se forma daqui para frente.

Queridos filhos, passem estas informações a todos
aqueles que os rodeiam assim mais e mais pessoas
poderão ajudar nesta sustentação.
Fiquem com a certeza de nosso amparo e de
nossa vigilância a cada um de vocês.
Muita paz e luz.
Muita luz e muita paz.

Mensageiros de Maria.
Mensagem Psicografada
na noite de 06/12/2010
durante os trabalhos mediúnicos
do Grupo da Nave Luz -
recebida por Míriam Krause.

Dê atenção à ajuda dos Amigos Espirituais!




Uma paciente minha, professora, me contou que estava saindo da escola e sentiu vontade de fazer xixi. Como estava saindo, pensou: “O Carrefour é no caminho. Vou ao banheiro lá.” Foi. E, quando estava saindo do banheiro, deparou com o namorado aos "amassos" com outra mulher. Entrou em parafuso.
Foi para casa meio dormente, tanto mental quanto físico, e ficou com esta sensação durante uma semana. Meio apática. Entrou em princípio de depressão.
Não quero aqui questionar os sentimentos de uma pessoa, mas me virei para ela e perguntei: “Preste atenção. Você poderia ter ido ao banheiro na sua escola, não é? E não foi por quê? Não notou que foi dirigida por algum ser espiritual que queria te mostrar que aquele homem não era a pessoa indicada para você?"
Ela parou momentaneamente de respirar, me olhou profundamente nos olhos e com uma interrogação no semblante me respondeu: “Não tinha pensado nisso!” Notei, naquele instante, que alguma coisa havia acontecido no seu íntimo. Uma abertura. A verdade.
Continuei: “O que aconteceu foi bom ou ruim?”. ”Foi bom, respondeu - pois ele não poderia ser um bom homem para mim.”
“E você quer continuar na depressão por algo que não era bom para você? Você deveria era estar grata por alguém que te adora ter te mostrado a verdade!”
E você, que está lendo esta mensagem, quer continuar na depressão por alguma coisa que os Mestres mostraram e que não era bom para você?
Esse é o problema! Muitas pessoas esquecem de observar sinceramente aquilo que está acontecendo na sua vida e costumam se rotular de coitadinhos, quando deveriam agradecer.
Nada, mas nada mesmo nesta vida acontece de forma que possa te atrapalhar no teu percurso espiritual. Muitas vezes nos sentimos tristes e apagados por fatos que deveríamos ter agradecido. Só mais tarde, muito tempo depois, é que acabamos compreendendo que aquilo que aconteceu foi bom.
O pessoal lá de cima não deixa que nada que seja ruim para que a nossa ascensão possa atrapalhar a nossa vida. Se conseguíssemos entender isso do fundo do coração, acabaríamos por aceitar as coisas que acontecem, superando a dor momentânea e passageira.
Quantas pessoas vejo sofrer por amor, quando o amor verdadeiro deveria ser por elas mesmas. Quantas pessoas vejo reclamar de ter sido despedida do seu trabalho, quando sei que, mais tarde, irá encontrar o emprego adequado.
Quantas pessoas vejo derramar lágrimas por situações familiares, quando, um tempo depois, acabam por compreender que aquilo que passou era necessário.
Canso de dizer que somos “Deus”! Nunca disse que somos deuses. Afirmo que somos “Deus”, porque somos todos Um. Ser “deuses” é ser separado. Não somos separados. Somos uma unidade apesar de não compreendermos isso.
Ensino aos meus discípulos que, quando tiverem um problema para resolver, destes muito sério, que, quando pensarem que não existe mais solução, que escrevam este problema num pedaço de papel, envelope o texto, cole e marque a data de um ano após para ser aberto. Experimente fazer isso e verá que vai rir quando abrir o envelope e ler o texto, pois aquele problema não existe mais.
Quantas vezes sofremos, como a menina do xixi, por coisas insignificantes na nossa vida que, naquele momento, pareciam ser de uma importância extrema.
Quantas vezes você sofreu por não ter dinheiro para pagar uma conta importante, por amor, por incompreensão, por dificuldades na família, por falta de fé. E já parou para pensar que este sofrimento de nada te valeu? Que, hoje, as coisas entraram nos eixos.
Devíamos compreender – o que acho meio difícil – de que a nossa vida nesta terra maravilhosa já tinha sido programada antes do nosso nascimento. Nós precisamos passar por situações variadas para que possamos compreender os sentimentos. Agora, viver em função dos sentimentos, sem compreendê-los, é um grande erro. Muitas pessoas chamam esta experiência de karma. É karma sim, mas não no sentido negativo que lhe é atribuído. Você está aqui para vivenciar situações que são importantes. Isso não quer dizer sofrer, mas aprender, experenciar.
Quando acontecer alguma coisa ruim na sua vida, deixe o seu mental concreto de lado e pense o que significa aquela experiência, aquela situação. O que pode ou deve apreender com ela.
Quantas pessoas culpam os outros pelos seus fracassos, quando a resposta está simplesmente dentro delas mesmas. E, a cada vez que culpamos alguém por uma situação que estamos passando, deixamos de compreender verdadeiramente a lição que estamos recebendo. Viver é a coisa mais fantástica do mundo quando fazemos corpo duro e a coisa mais difícil do mundo quando fazemos corpo mole. Viver é encarar cada desafio como a própria palavra diz, um desafio a ser superado. É como um jogo, quanto mais encaramos a vida assim, mais nos deleitamos quando vencemos determinadas etapas. Só temos que compreender que o jogo só acaba no final.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Mensagem de Mãe Maria



Amados Filhos,
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
Que a luz da devoção ajude-vos a reencontrar o silêncio que leva a paz.
Acalmai vossas mentes e vossos corações. As atribulações do vosso dia a dia não podem receber sempre e mais toda a energia de que sois possuidores.
É preciso reaprender a exercitar o equilíbrio, percebendo que o vosso tempo precisa ser usado cada vez mais para alimentar vosso espírito.
Nada conquistareis que não seja através do vosso espírito.
É preciso perceber que tudo aquilo que fazeis automaticamente nada vos acrescenta que não sejam quimeras de felicidade na ilusória sensação de estardes vivendo, crescendo e evoluindo.
Vosso crescimento não se dá sem o reconhecimento e a manifestação da vontade de vossa alma.
Vossa evolução é a evolução da vossa alma, vossa vida é sustentada por vossa alma.
Então, bem amados, é preciso compreender que é tempo de reencontrardes o meio de vos comunicar com aquela que vos mantém vivo e atuando em vosso plano, sabendo que reencontrando vossa alma iniciareis a escalada para calar o vosso ego e exercitar a vossa redenção.
Este é processo pelo qual atingireis vosso objetivo maior, e para que ele possa ser uma realidade permanente é preciso reaprender a silenciar.
Silenciar mentes, corações, silenciar vossos lábios, silenciar vossos olhos, vossos ouvidos, vossos apetites acalmando todas as vossas sensações, todo o mar de sensações que vos chegam através de vossos sentidos físicos, dando espaço para que os vossos sentidos espirituais possam desabrochar e comandar vossos passos.
Sabeis que o silêncio é o único caminho para restabelecerdes o diálogo com vossa alma.
Procurai, então, exercitar vosso silêncio, diariamente, incluindo-o no rol de vossas tarefas, encontrando tempo para que ele possa fazer parte do vosso cotidiano.
É preciso que possais compreender, amados, que este é um momento em que ir em frente exige de todos vós silenciar, trazendo calma para vossos sentidos, tirando a força de vossas emoções.
É impossível reconhecer o mundo a que chamais espiritual sem a força do silêncio, sem passardes pela rotina do silêncio.
O silêncio une vossas mentes e corações, eleva vossos corpos, expande vossas percepções, resgata o diálogo com vossa essência, o silêncio vos leva de volta ao Divino.
Compreendei, amados, a importância do silêncio em vossas vidas neste tempo de transformação?
Sem ele vosso ego-personalidade continuará agindo soberanamente, continuará sendo o senhor do vosso dia a dia, o sustentador das vossas ilusões, o incentivador e mantenedor das vossas limitações.
Mergulhastes no mundo da ilusão com o propósito de reaprender a ser feliz.
Chegastes a ele para florescer na luz de vossas almas, para concretizar vosso plano divino, para reconhecerdes vossa perfeição, para exercitardes a vontade de vossas almas.
Esta é a vossa meta, este é o vosso propósito.
É tempo de vos inspirardes em vossa alma, é tempo de utilizar a bagagem que ela carrega e que vos é necessária, é tempo de concluirdes vosso aprendizado nesta etapa de vossas evoluções.
Bem amados, que possais refletir sobre este momentum, que clama pelo exercício do vosso silêncio, pelo desabrochar da vossa mente crística, pelo resgate do caminho do coração.
Que esses últimos dias que vos levam a mais um Natal de Renascimento possam ser preenchidos, na luz do silêncio, com a força do amor incondicional e da paz plena, para que a entrada de mais um ano de vosso calendário vos encontre equilibrados e prontos para vivenciar um novo tempo, o tempo de ser feliz.
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
SP-Mensagem de Mãe Maria-31-2010-recebida por Jane M. Ribeiro

Mensagem de Natal por EMMANUEL




Que as Luzes de Natal vos inspirem a aumentar vossas doações energéticas no Amor Incondicional em prol de vosso orbe.
As luzes que tanto vos fascinam nada mais são que inspirações do Cosmos para que vossos corações comecem a brilhar na Fé e no Amor Total, unindo-se a nós no trabalho reparador da evolução planetária.
Quando nós citamos a evolução de vosso planetária, queremos dizer a evolução de todos os seres encarnados com possibilidade de evolução para patamares mais elevados na iluminação.
A vossa Fé liberta vossos chakras, que foram criados à semelhança do Universo de Luz e são fontes doadoras e receptoras da Divina Luz.
No macrocosmo temos os portais energéticos que equilibram e harmonizam toda a criação de Nosso Pai Eterno.
No microcosmo, que é a denominação que usamos para vossos corpos densos, estes mesmos portais energéticos estão atuantes, apenas foram denominados por vós de chakras.
Agora podem perceber porque vosso Mestre Jesus vos Disse, que chegaria o momento onde o que estava em cima se refletiria no que se encontrava abaixo e não haveria mais separação?
Quando os Anjos de luz encarnados conseguem equilibrar-se através do amor, todos os seus chacras passam a vibrar dentro da harmonia do Universo de Luz, adentrando os portais do macrocosmo.
Os vossos olhos da terceira dimensão unem-se aos olhos espirituais na quinta dimensão e o que antes era mistério passa a fazer parte do vosso cotidiano.
Agora vos Alerto:_ Atentem a vossas mentes culturais, pois foram induzidas a bloquear o que é espontâneo e natural, não a deixem interferir na vossa simplicidade de Ser.
A fé é vossa única arma contra a negação de vossos valores nesta mente de ilusões, não vos atemorizem com o simples, não duvidem do amor e da fé.
Deveis libertar vossos chacras, para que unidos possam se juntar à nossa emanação do Divino Amor, que neste momento está envolvendo todo o vosso planeta para harmonizá-lo e envolvê-lo no Manto Sagrado de Nosso Mestre Jesus.
Sois vós a brilhar nesta imensidão infinita, coligando-se a Nós, vossos irmãos iluminados não encarnados e ao conseguirmos ultrapassar esta tênue ponte, arrebataremos a todos os seres dispostos a vibrar na evolução.
Todos se contaminarão no amor, mesmo os inconscientes serão atraídos por esta promessa de eternidade.
Só assim poderemos comemorar o Natal durante 365 dias de vosso tempo, o espírito de Natal é o espírito deste planeta, sempre comemoraremos o nascimento e jamais a morte ignominiosa.
Ao rompermos o pacto com o sofrimento, com o medo e com a dor, estaremos liberando todas as criaturas.
O nosso pacto é com o amor, a alegria, a leveza e a união dos Anjos Celestiais, somos Luz e na Luz da Fonte, devemos brilhar eternamente.
Que se faça o verdadeiro Natal em vossos corações, pois Jesus renasceu em vós! Aleluia!

Emmanuel em nome de Jesus
Mensagem psicografada por Márcia Helena
Tags:

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Quem é a Família da Luz



Vocês representam o grupo renegado da luz, concordaram em voltar ao planeta, têm uma missão. Vieram para estes corpos físicos para assumirem o seu comando e mudá-los através do poder da vossa identidade espiritual. Todos selecionaram com muito cuidado as linhagens genéticas que lhes trariam a melhor vantagem inicial. Cada um escolheu uma história genética através da qual membros da Família da Luz já passaram.

A Família da Luz foi expulsa do planeta, e o time das sombras, que operava através da ignorância, assumiu o comando. Os corpos que ocupam carrega o medo e a lembrança da luta pelo conhecimento que estes deuses representavam e roubaram de vocês.

Vocês possuiam tremendos atributos. O exemplar biogenético do ser humano original recebeu informações maravilhosas, era interdimensional e podia fazer coisas incríveis. Quando estes deuses criadores assaltaram o planeta, acharam que as espécies locais sabiam demais. Elas possuiam capacidades muito semelhantes às de quem desejava passar por Deus.

Vocês, como membros da Família da Luz, que desejam mudar completamente a realidade presente, trazendo para cá diferentes opções, estão ancorando a frequência. Se ela não for ancorada e compreendida, pode criar o caos. O tempo está se esgotando e vocês vieram aqui para usar esta energia primeiro. Abrirão estradas de conscientização, ao puxar a energia para seus corpos e isto evitará que outras pessoas tenham de passar por esta experiência.

Os novos caminhos de conscientização criam novas realidades, novas opções e novas maneiras de ser e viver. É por isso que o colapso da vossa sociedade é inevitável: ela não mantém a luz nem as possibilidades multidimensionais; ela os mantém em sua limitação.

É uma ilusão imaginarem que sempre reencarnaram como seres humanos. Vocês encarnaram para vivenciar a criação, para reunir informações sobre a criação e para compreender este processo coletivamente.

Está ocorrendo, neste momento, uma transferência na ordem da modulação de frequência do planeta e energias externas estão trabalhando nesta mudança. Estas energias precisam de vocês. Elas não podem alterar o planeta de fora - o planeta precisa ser alterado de dentro. As energias simplesmente trazem os raios cósmicos criativos que penetram em vossos corpos criando o salto evolucionário dentro de vocês. Uma vez que compreendam o uso adequado da emoção e comecem a adquirir controle sobre a vossa própria frequência, serão capazes de irradiar estes raios. E então a frequência do medo neste plano de existência não mais será alimentada.

Como membros da Família da Luz a vossa tarefa é a compreensão: trazer compreensão e entendimento para o planeta que irá estabilizar a energia e gerar o poder de criação.

Vocês estão aqui para afetar a realidade não apenas de fora, mas de dentro. É isso que vocês estão prestes a lembrar.

Não estamos aqui para dizer quem está certo ou errado, ou quem é quem dentro da hierarquia. Queremos simplesmente desfazer as vossas ilusões, alertá-los para aquilo que foram induzidos a acreditar. A nossa intenção é sugerir que pensem maior.

Sintam a importância da perda que ocorrerá dentro desta energia predominante, quando um número cada vez maior de vocês deixar de vibrar de acordo com este plano.

Vão descobrir que a sociedade, engenhosamente, os impede de conhecer a parte mais íntima, gratificante e emocionante de vocês mesmos. Como Guardiães da Luz vão criar opções de realidade e trazê-las para a conscientização das massas do planeta. Executarão isso primeiro em vocês, criando paz e amor no vosso interior, aceitando quem são e tudo o que fizeram, ou lhes foi feito na vida. Vão aceitar e integrar estas coisas, porque perceberão terem sido elas as situações necessárias para os trazer ao estágio final de ancoramento da luz.

Portanto, abram esta casa, este tesouro histórico, e se tornem arqueólogos do vosso interior.

O propósito é fortalecer o Eu, para que ele possa tornar-se completamente informado sobre a realidade. O Eu pode, então, decidir com clareza o caminho da alma, ou o seu caminho pessoal, através da realidade.

Vocês não fazem parte das massas, são membros da Família da Luz e sabem coisas que os outros desconhecem. A escolha de buscar o despertar do Eu espiritual é livre para todas as pessoas neste planeta, bem como para todas as pessoas no universo inteiro. Mas nem todos perceberão isso.

Portanto, antes de mais nada, ouçam a vossa voz interna. Devem descobrir a realidade a partir do interior e dirigir as vossas vidas dessa maneira. Esta é realmente a dádiva recebida na zona do livre-arbítrio.

Vocês estão vivendo uma época importantíssima em que a energia está chegando viva. Tudo o que estão sentindo é o resultado de estarem despertando os vossos potenciais adormecidos. Um vendaval está soprando, mostrando-lhes que há muita agitação rolando no ar. Os deuses estão aqui. Vocês são estes deuses.

À medida que forem despertando para a vossa história, os vossos olhos da antiguidade abrir-se-ão. São os olhos de Hórus, que enxergam através dos olhos do ser humano, mas da perspectiva de um deus. Eles vêem a conexão e o propósito de todas as coisas, pois são capazes de enxergar diversas realidades e unificá-las num quadro global revelando a história inteira. Quando forem abertos dentro de vocês os olhos da antiguidade, serão capazes de conectar-se com a história pessoal de cada um, com a história planetária, a história galáctica e a história universal. Aí, então, vocês vão descobrir quem são os vossos deuses.

(Os Pleiadianos - resumo do livro: “Mensageiros do Amanhecer” de Barbara Marciniak)

Metatron - perguntas e respostas importantes




Metatron canalizado por James Tyberonn em novembro de 2010

PERGUNTA: Um leitor enviou-me a seguinte pergunta e está confuso com esta questão. O fenômeno de possessão demoníaca ou possessão por entidades de fora realmente existe? Existe ataque psíquico?

METATRON: Ah, esta é uma área extremamente complexa. Mas tentaremos responder com simplicidade.

Quanto à primeira pergunta… durante os últimos 3500 anos, especialmente durante o período medieval, acreditava-se que a possessão era um fenômeno muito real, e de fato algumas das suas igrejas tinham especialistas que se dedicavam a afastar e expulsar demônios e diabos. Não somente os Cristãos eram ensinados a ter medo de tais “entidades do mal”, mas também certos grupos indígenas e pagãos aceitavam essa crença.
O que vocês chamam de “mal” realmente existe na dualidade. É uma função do livre arbítrio. A História da Humanidade registra várias guerras horríveis, assim como ditadores e líderes desumanos que realizaram atrocidades catastróficas. Sob o ponto de vista de vocês, esses homens eram maldosos, diabólicos.
A Terra é um planeta de dualidade, com o completo e indispensável espectro eletromagnético em terceira dimensão, que contém, por definição, um campo positivo e um negativo. Mas entendam o seguinte: não existe nenhum demônio ou diabo além daqueles que vocês criam nos seus pensamentos e crenças na dualidade. Entretanto, formas-pensamentos negativas realmente são geradas pelos seus próprios pensamentos e medos, e elas podem se juntar em graus variados de energias negativas independentemente conscientes. Tal é o poder do pensamento. Como o seu planeta contém os dois espectros, realmente existem formas de energia que se reúnem no campo “negativo” e, quando se encontram, elas são percebidas como energias muito opostas à sensação ideal de bem-estar. Mas, em essência, elas são elétricas e não demoníacas.
Agora, existem certas energias Dévicas que, em suas naturezas elétricas, se encontram no final “negativo” do espectro. Existem também campos de energias eletricamente negativas, que ocorrem naturalmente e fazem parte do espectro, que equilibram aquilo que vocês chamariam de “campos elétricos positivos”
Mas entendam que, do ponto de vista verdadeiro e do aspecto superior, nenhuma delas é realmente um demônio, nenhuma delas pode verdadeiramente “possuir” vocês. Entretanto, elas podem e com certeza atacam os campos áuricos que estão abertos, devido ao mau funcionamento do circuito do Campo Eletromagnético (Campo Áurico) humano. Na verdade, em muitos casos o próprio medo que vocês têm delas é que abre seus campos e permite que essas formas os ataquem. É por isto que é extremamente importante entender como conservar seu campo eletromagnético etérico ou Aura.
É lamentável que terapeutas e metafísicos bem intencionados interpretem o “sangramento áurico”, o mau funcionamento do circuito áurico e a conseqüente anexação de campos energéticos parasitas e formas-pensamentos que ocorrem ocasionalmente, como possessão ou demônios. Pois embora eles estejam supondo corretamente que haja uma enfermidade energética, estão errados na descrição do diagnóstico e no tratamento, quando afirmam que estão removendo demônios.
Tais “curas” inadequadas, as quais podem até oferecer algum alívio temporário, também podem levar a um “sangramento áurico” maior, pois exacerbam o problema essencial, reforçando o medo básico do cliente, ao se referir a “exorcismo de demônios”.
Os terapeutas podem ajudar a oferecer energia, mas apenas a um ponto em que é tratado o sintoma e não a causa. A causa é sempre um campo áurico aberto, e quando isto é explicado pelo terapeuta sábio ao seu paciente, isto pode ajudar a própria pessoa a resolver a questão central do seu problema. Ponto final.
Mas, sejamos claros, terapeutas talentosos são realmente capazes de ajudar na cura e, assim fazendo, prestar um auxílio valioso. E se o terapeuta entender totalmente o verdadeiro processo de “Manutenção Áurica”, ele também procurará capacitar o paciente com as ferramentas para a aura intacta. Mas a própria pessoa que tem o problema deve se capacitar agindo apropriadamente
Qualquer pessoa que tenha uma aura aberta está deixando escapar energia, e é vulnerável a anexações energéticas, medos e desilusões. E pode tornar-se um “sugador de energia” inconsciente. Do mesmo modo, um terapeuta que reforça a idéia de que o paciente está possuído por demônios acaba enfraquecendo-o mais ainda, e inadvertida ou propositalmente tira mais energia do paciente, criando uma dependência. Alguns podem ficar viciados em tomar esse poder. Isto também pode acontecer com “gurus” que se transformam em sugadores de energia dos seus seguidores, quando seus egos se tornam inflados.
Você se depara com seu próprio poder que você negou, sempre que se encontra em uma situação em que se sente desamparado ou mergulhado numa situação que o amedronta. E o fato é que muita gente tem sintomas físicos ou passa por situações desagradáveis porque tem medo de usar seu próprio poder e
ação.
Na grande maioria dos casos, a pessoa que tem anexações energéticas está lidando e se confrontando com a consequência das suas próprias criações de energias negativas. E essas formas negativas atacam e se alimentam de energia, graças ao “sangramento” áurico devido ao mau funcionamento do circuito Áurico causado por qualquer número de condições auto-induzidas, tais como medo, autonegação, auto-depreciação, ciúme, depressão, ansiedade, raiva e qualquer tipo de projeção negativa que cause curto-circuito no campo áurico, rompendo-o e abrindo-o para o escoamento de energia.
No seu sistema de realidade tridimensional, vocês estão aprendendo sobre energia mental (onda de pensamento criativa) e como utilizá-la de forma responsável. Por isto entendam que os fundamentos da manutenção da aura são uma ferramenta essencial que possibilita a auto-capacitação e – na falta de um termo melhor – a auto-proteção.
Quando uma pessoa se torna dependente de outras para curá-la, este fato pode, em alguns casos, levar a uma dependência imprópria dos outros através da auto-desautorização. Portanto, é importante que cada um assuma sua própria posse e seu próprio poder, e use o discernimento. Não coloque as palavras de gurus, curadores, psicólogos, amigos, e nem mesmo as minhas, acima da sua voz interior, que reflete o discernimento do seu próprio Eu Divino. Embora você possa aprender muito com os outros, isto deve ressoar… o conhecimento mais profundo deve sempre vir de dentro de você mesmo.
Entenda que o que é chamado de “ataque psíquico” de fato ocorre, mas é mais bem descrito como o confronto entre vontades e aprendizado através da experimentação e todo o espectro das forças da dualidade-polaridade.
Geralmente, quando alguém tenta controlá-lo ou vice-versa, acontece uma ligação entre os terceiros chacras de ambos, que tenta impor a vontade de um sobre a do outro. Mas isto pode ser facilmente prevenido por um campo áurico intacto. O mecanismo de manutenção da integridade do campo áurico é ensinado no Nível Um das Chaves Metatrônicas(1).
Aquilo que vocês chamam de “Mal” não existe verdadeiramente acima dos níveis da dualidade. Com certeza, a dualidade tem um projeto importante, um propósito verdadeiro neste contexto. É causa e efeito, e estes são grandes professores. Vocês estão aqui para aprender a criar responsabilidade, e assim os seres humanos podem e de fato criam energias negativas e prejudicam uns aos outros, como parte do caminho do aprendizado da utilização do amor. Mas tudo o que é criado na negatividade deve ser resolvido, e inevitavelmente cada indivíduo se defrontará, confrontará e finalmente resolverá cada partícula de energia negativa que ele criou. Esta é a regra de ouro da Lei da Atração, “o que vai retorna”
E assim, no processo de aprendizado da criação, os acontecimentos subjetivos e objetivos eletricamente “negativos” com os quais você se confronta certamente farão com que examine os conteúdos da sua própria mente consciente e das suas projeções mentais. Da perspectiva superior, até os pensamentos de raiva e vingança, através da causa e efeito, ação e resultado, podem ser vistos como uma forma de terapia, pois se você os seguir, a própria infelicidade que eles criarão o motivará a buscar uma solução, embora seja uma modalidade dura de aprendizado. Isto responde a sua pergunta?

CANAL: Sim, obrigado.

PERGUNTA: Muitos têm falado sobre seres extraterrestres que têm bases nas dimensões internas da Terra, e que isto acontece em dimensões holográficas. Muitos relatam que viram tais naves, mas me parece que, se elas estão em outros planos, não seriam facilmente percebidas ou vistas. Suas naves são visíveis para a espécie humana? Por favor, explique isto.

METATRON: Esta é uma pergunta interessante. Bem, deixem-nos explicar deste jeito: seres de outras dimensões, outros planos, outros tempos e outros mundos certamente se manifestaram e apareceram entre os seres humanos, tanto no passado quanto no presente. A “aparição” deles, a capacidade que eles têm de serem percebidos “a olho nu”, algumas vezes se manifesta totalmente por acaso e, em raras situações, de propósito. Neste último caso, existem realmente extraterrestres menos evoluídos que procuram observar o seu planeta e entender a biologia daqui. Alguns tentaram se reproduzir através do relacionamento com seres humanos, para criar uma forma híbrida que lhes possibilitasse maior expressão emocional.
No passado, do mesmo modo que os seres humanos esbarraram acidentalmente na cortina do tempo seqüencial entre os campos do seu presente, passado e futuro, assim também formas de vida e seres “extraterrestres” se materializaram por obra do acaso na membrana frequencial divisória entre um paralelo ou plano dimensional e outro. Geralmente, quando isto acontecia, eles eram invisíveis no seu plano, assim como os poucos de vocês que caíram no passado, ou no passado aparente, também eram invisíveis para as pessoas daquela época. Este fenômeno raro dispara uma expansão imediata da percepção subconsciente para a consciente, que é acionada pela migração a diferentes desdobramentos da seqüência de tempo. Ela se inicia diretamente no centro multidimensional da entidade, e então se torna evidente, embora um tanto perturbador para quem esteja experienciando isto no tempo, que todos os limites e paradigmas dimensionais existem apenas para propósitos práticos. Vejam, existem ciências diferentes, uma física diferente para cada dimensão, da mesma forma que existem abordagens e caminhos diferentes, na ciência e na física, disponíveis para a humanidade na sua realidade atual.
Ciências que poderiam ter levado a conceitos muito diferentes foram, em grande parte, ignoradas pela humanidade até agora. Existem abordagens alternativas para a física que revelam muito mais a respeito de transporte, transmutação, bi-locação e locomoção, do que a ciência dominante entende ou deseja entender. Se a espécie humana tivesse se dedicado a certas disciplinas mentais tão meticulosamente quanto explorou as “leis” tecnológicas externas, seu conhecimento, métodos e sistema de transporte resultante seriam muito diferentes, muito mais eficientes do que são hoje. Vocês abraçaram o que é externo e, até certo ponto, descartaram as capacidades das “habilidades internas” da sua consciência divina.
Agora, quando a humanidade decidir dedicar-se prioritariamente ao estudo do que é chamado de ciência “mental” de transporte e bi-locação – e isto realmente é uma ciência com leis que podem ser aprendidas, praticadas e sintonizadas – então as visitas aos paralelos e vetores no tempo e espaço tornar-se-ão menos acidentais e ocorrerão por planejamento. Uma vez que a humanidade aprenda a dominar a “física mental”, ela se libertará – se libertará muito! – do filtro da ilusão, da camuflagem da dualidade do padrão físico. Na verdade, vocês estão apenas começando a entender como a Mer-Ka-Na, quando regulada pela mente para ser a construtora no campo cristalino, destranca essa porta. Isto vai ser muito melhorado quando a Grade 144 e sua rede de energia cristalina completarem o seu desdobramento. A grade vai oferecer uma grande oportunidade de progresso para aqueles que quiserem dedicar sua atenção a esta ciência divina de manifestação “mental” e ao que vocês chamam de viagem astral. Vejam, todas as ciências precisam incluir o divino, e isto é excessivamente omitido pelos seus cientistas mais conceituados atualmente.
Então, voltando à sua questão, voltando ao assunto, o ponto interessante sobre as visões de naves extraterrestres que a humanidade alega ver – que vocês chamam de discos voadores – não é que elas existam, mas que tantas pessoas aleguem vê-las.
Na verdade, alguns as vêem, mas muito poucos e muito raramente. E aqueles que as vêem, geralmente estão “vendo-as” através do que pode ser chamado de consciência lúcida expandida, não através da visão normal.
O fato de que a maioria das naves viaje num campo de dimensão paralela protege sua visibilidade, nos seus termos, através da própria camuflagem frequencial da separação do seu plano dimensional. Então, na verdade, a grande maioria das tais naves não se manifesta e não pode se manifestar como tal na sua dimensão.
As experiências visuais realmente acontecem, mas na verdade, o que é visto na maioria dos casos são imagens refratadas, uma foto-reflexão energética que lampeja na sua dimensão, quando a espaçonave entra nos espectros dimensionais da Terra. Isto ocorre, com mais freqüência, quando a nave diminui a marcha, saindo das velocidades da luz e entrando nas dobras dos buracos do espaço. Quando este “vazamento” dimensional acontece, a imagem refratada torna-se visível.
Os próprios átomos, plasma e moléculas que compõem estruturalmente a “espaçonave” são formados pelo padrão físico colado estruturalmente e alinhado fisicamente de acordo com a natureza concisa e o padrão do seu próprio território dimensional, sua realidade territorial original. Mas, quando a nave entra no plano de vocês, ocorre uma forte distorção. Sua estrutura real é pega num dilema de forma, entre se transformar completamente na textura da realidade particular da Terra, ou conservar seu próprio padrão original.
Em muitos casos, o observador humano tenta encaixar o que é “visto” no sistema de crença daquilo que ele aceita como possível de existir no universo. Assim, muitas visões são um tanto adaptadas à expectativa individual e à crença humana coletiva. Isto não significa que o que está sendo visto não esteja acontecendo, mas que o que é visto está distorcido por um jogo de espelhos dimensionais e pela expectativa.
Portanto, o resultado final daquilo que o observador terreno acredita que vê é algo entre uma nave de forma estranha e um avião envolto por luzes giratórias, mas na verdade não é nem um nem outro. A nave conserva o que pode da sua estrutura original e muda o que deve mudar, ao transmutar sua estrutura de acordo com as leis do novo plano dimensional.
Como cada observador humano registra a imagem e a interpreta individualmente, muitas das alegações e relatos relacionados à forma, tamanho e cor diferem drasticamente. Então, mesmo as aparições que parecem indiscutivelmente “reais” nos seus termos, são, no máximo, distorções. A maioria das naves vem de realidades e planos de existência que são muito mais adiantados nas ciências tecnológicas do que a Terra, neste momento. As poucas vezes em que a nave dispara em ângulos retos é porque ela conseguiu reter funções que lhe são normais no seu habitat particular.
Aquelas que parecem sólidas para vocês não se originam daquilo que chamaríamos de planos superiores de manifestação do pensamento puro, ou de um plano de ciência da consciência. Os extraterrestres mais adiantados entram no seu plano utilizando “casulos de energia” que se manifestam através do pensamento puro. Estes são construídos intelectualmente e externalizados pelo que é chamado de bioplasma. Suas “Naves Mães” não penetram o seu meio ambiente
As naves que vêm deliberadamente para as suas dimensões, só vêm de passagem, por períodos muito curtos, porque estes veículos de espaço interno não podem permanecer muito tempo no seu plano, devido às tremendas tensões que pressionam a integridade estrutural da nave. Na verdade, elas têm a capacidade iminente de criar pressões que resultem na desmaterialização e evaporação. A necessidade de transformar materialmente a conformidade estrutural de acordo com as leis físicas de um plano dimensional diferente é uma necessidade prática, e o disco voador simplesmente não pode permanecer nesse momento por um período indefinido. Podemos comparar grosseiramente esta situação com a de um dos seus submarinos ultrapassando seu limite de profundidade e lutando para se conservar intacto antes de sucumbir às pressões. Entendem?
Então, o formato das frotas que são vistas é uma aparência isomórfica distorcida da verdadeira estrutura. Geralmente o que os seres humanos supostamente vêem é uma forma de pires ou de charuto, mas na verdade estas são percepções deformadas que virtualmente não têm nenhuma relação com o verdadeiro desenho intrincado das naves, com a forma que elas apresentariam no seu local de base e na concepção do seu projeto arquitetônico.
Como dissemos, existem extraterrestres menos evoluídos que entraram nos seus campos físicos para observar e estudar, e estes são responsáveis pela grande maioria das visões e evidências de aterrissagens. No entanto, isto aconteceu com muito menos freqüência do que vocês imaginam. A mal-afamada “Colisão de UFO” que foi tão divulgada, aconteceu por acidente e levou a resultados devastadores. Houve casos em que suas aeronaves e zonas nucleares foram observadas e estudadas, mas a maioria deles aconteceu em períodos muito curtos.
A maioria das visões autênticas é um breve vislumbre de formas luminosas movendo-se em ângulos impossíveis. Estas geralmente são vazamentos dimensionais, e tornam-se visíveis no momento em que as imagens refletidas se tornam visíveis
Menos de cinco por cento das visões físicas são genuínas. Isto pode ser difícil para vocês aceitarem. Nós lhes dizemos que muitos seres humanos estão tão convencidos dessas aparições, que muitas vezes eles mesmos criam a imagem. Quantos de vocês, quando crianças, realmente viram Papai Noel passeando pelo céu, dirigindo seu trenó puxado por renas? Na verdade, seu Papai Noel realmente existe, realmente tem consciência, porque vocês alimentaram a vida dessa forma-pensamento através de seu sistema de crença. Na verdade, muitos dos seus personagens “fictícios” têm consciência e existem como formas-pensamentos criadas pela energia do pensamento coletivo. Percebem como vocês são criativos? Na verdade, isto é um aspecto das capacidades da “ciência mental” que vocês alcançaram, manifestado em sistema de crença.
Mas não entendam mal – existe uma abundância de vida extraterrestre no Cosmos, e muitos realmente existem na sua Terra e dentro dela. Não apenas na multidimensionalidade, mas alguns, especialmente seus antepassados, trabalham em estreito contato com vocês na ascensão e desenvolvimento da Terra. Entre os mais benevolentes desses seres, estão os das Plêiades, Sírius A e B, Andrômeda e Arcturo. Na verdade, muitos de vocês viveram na Atlântida como estes seres, e co-existem no AGORA, em paralelo, como estes seres. Já lhes dissemos isto antes.
Na verdade, estes seres são capazes de existir fisicamente no seu mundo, e fizeram isto durante muitos éons, mas geralmente isto é feito através da ciência da transformação mental, a mestria mental. Entretanto, suas naves não aparecem na dimensão de vocês como muitos imaginam. Na verdade estes seres utilizam o que é chamado de tecnologias de portais estelares para ajudá-los a materializar; mais ou menos como o sistema de transporte via “facho energético” do seu programa “Jornada nas Estrelas”. A maioria das bases extraterrestres no seu planeta é formada através de inserções frequenciais holográficas, que são colocadas estrategicamente em áreas de portais estelares ou pontos de infinidade que ocorrem geométrica e eletromagneticamente em vetores especiais, na Terra e dentro dela. Dentro destes, frequentemente são colocados complexos de alta tecnologia contendo amplificadores de cristal e raios retransmissores.
As experiências mais válidas e os contatos mais benéficos com extraterrestres acontecem em seres humanos adiantados que, através da interface da Mer-Ka-Na, são capazes de experienciar a multidimensionalidade em estados lúcidos expandidos e viagens astrais. Esta experiência de multidimensionalidade será mais acessível a muitos de vocês no Campo Quântico Cristalino, através da Grade 144. Isto requer trabalho. Muitos dos seus antepassados e sábios alcançaram esta habilidade através de jejum, de buscas de visão e de certos tipos de plantas que aceleram o processo da experiência astral.
Agora, planos interdimensionais podem e realmente se mesclam em muitos planetas, como com a Terra, mas não limitados a ela. E isto acontece, muito freqüentemente, sem a percepção ou conhecimento consciente dos habitantes dos planos envolvidos. Atualmente poucos seres humanos estão conscientes das suas realidades multidimensionais. Todo o conceito da existência na Terra de civilizações intraterrenas, visitantes com bases e habitantes extraterrestres é bem estranho para vocês.
Vejam, planos dimensionais paralelos geralmente são de natureza holográfica. Como tal, eles podem existir independentemente de espaço. Não são realmente um “lugar”, de acordo com o seu conceito de localização. Um plano holográfico paralelo pode ser inserido em um tempo específico como uma realidade mental. Ele pode ser uma realidade solitária específica que é capaz de existir separadamente, mas isto não diminui seu valor, de jeito nenhum. De fato, muitos dos dramas do seu Cristo são inserções holográficas propositais. Inserções holográficas podem existir durante um tempo e depois desaparecer, porque não são localizações Cósmicas reais propriamente ditas. Uma inserção holográfica é formada para entidades como padrões de “gestalt” para satisfação emocional e lições em vários níveis.
Com freqüência os seres humanos não levam em conta a grande importância e o valor da emoção e da imaginação. Ambos são críticos na ciência mental. Num sentido real, estados emocionais e aquilo que vocês chamam de sonhos imaginativos são planos dimensionais. Na verdade, uma analogia comparativa entre um plano dimensional e um estado emocional é muito mais congruente e válida do que uma analogia comparativa entre um plano e uma localidade de vetor específico, ou o que vocês chamariam de lugar, porque na verdade nem os estados emocionais nem os planos dimensionais ocupam espaço, da forma como vocês o definem.
Agora, os pleiadianos e os sirianos, que são sua fonte genética principal, trabalham em contato estreito com a humanidade. Estes seres benevolentes têm trabalhado com vocês no passado, no presente e no futuro – nos seus termos – em muitos esforços para ajudar a humanidade a recuperar sua verdadeira maestria. Estes seres trabalham com os campos gravitacionais de vocês, com suas grades e linhas ley, vórtices e sistemas de portais, especialmente na modernização em curso do acesso dimensional da Terra. Conseqüentemente eles desenvolveram meios de co-existir com vocês até certo ponto, e são capazes de manifestar formas nas quais possam viver na Terra e dentro dela. Com freqüência eles formam esferas bioplásmicas codificadas com informações para ajudar vocês de diversos modos. Alguns dos círculos simbólicos nas suas plantações são um desses modos. Eles são emitidos principalmente através de manifestações de pensamento-luz concentrado que se combinam com campos eletromagnéticos da Terra para formar símbolos geométricos programados. São de natureza altamente elétrica. Qualquer sensitivo que tenha se sentado em um círculo de plantação recém formado pode testemunhar o zumbido tangível da energia que existe dentro deles.

PERGUNTA: Muito tem sido falado sobre civilizações intraterrenas. Elas existem? E se existem, onde se localizam?

METATRON: Elas realmente existem e têm existido há muito tempo. Vocês, humanos, tendem a pensar no seu planeta como uma esfera sólida, mas Queridos, na verdade seu planeta é achatado nos pólos devido à rotação axial e contém grandes abismos dentro dele, que abrigam o que vocês têm chamado de civilizações perdidas. Seus geólogos determinaram que seu planeta tem 4,56 bilhões de anos, e nós lhes dizemos que isto está próximo da exatidão, dentro das leis da sua ciência no aspecto do tempo linear. O que os seus cientistas não entendem é que a dimensionalidade influencia as leis da sua ciência. De uma dimensionalidade diferente, seu planeta seria um conglomerado de muitas Terras, concentricamente justapostas, com uma infinidade de probabilidades paralelas.
Agora, existe uma raça de seres humanóides, que se originou nos tempos da LeMúria e na fase posterior de Atlântida, que descobriu um meio de entrar nas fendas profundas e vazias da sua Terra. Existe uma grande extensão de vazios no seu planeta, que eram conectados por uma vasta rede de túneis. Esses primeiros seres que entraram ali tinham um corpo mais leve, uma forma física não tão densa quanto a que os seres humanos da superfície têm, desde que evoluíram para essa forma na superfície. Inicialmente esses seres da LeMúria entraram nessas fendas para escapar da fúria daquilo que vocês chamam de dinossauros, que infestaram seu continente durante um longo tempo. Com o tempo eles descobriram vastas áreas de grande tranqüilidade e intensa beleza, conforme se adaptavam a esses mundos internos. Ao se aventurarem mais profundamente na Terra, esses seres descobriram que existe um sol interno, por assim dizer, nas profundezas da Terra. O sol interno emite uma forma de luz azul, e os antigos LeMurianos, em corpos semifísicos e etéricos, desenvolveram meios de enxergar nessa luz, e descobriram uma incrível beleza nos abismos internos. Alguns de vocês pensam que os LeMurianos ascenderam. A verdade é que eles descenderam para dentro da Terra, mas estão muito perto daquilo que pode ser chamado de conclusão do seu ciclo, ou Ascensão.
Existem literalmente dezenas de cavernas internas sob as áreas de Arizona, Nevada e Califórnia. Muitas delas foram encontradas por seres humanos no seu século passado. Estas existem na região das montanhas Ozark e Quachita de Arkansas, do Grand Canyon, Flagstaff, na região que vocês chamam de Area 51 e Death Valley na Califórnia. Os povos indígenas, agora chamados de Hopi, Navajo e Havasuapi, ainda conservam lendas e, na verdade, algum conhecimento a respeito dessas cavernas e túneis.
Agora, é preciso observar que, naquilo que é chamado de interior da Terra, o aumento das pressões e do magnetismo das forças gravitacional e tectônica cria um modelo de vetor único e específico, que permite maior tangibilidade, maior ancoragem daquilo que vocês chamam de paralelos dimensionais. Portanto, realmente existem concentricidades na Terra que permitem múltiplas sobreposições de dimensões internas. Na verdade, elas existem em todos os lugares do Universo, como vocês o conhecem, e existem na superfície do seu planeta, mas são consideravelmente menos tangíveis na superfície, e flutuam devido à densidade eletromagnética e à densidade da pressão, que citamos.
Digamos que no interior da Terra o padrão energético torna-se muito mais contido, concentrado e focalizado, dentro das aberturas e abismos que existem nas camadas do planeta, permitindo que existam muito mais dimensões e que se concentrem mais pixels de força vital e mais éter. Fazendo uma analogia grosseira, seria como comparar uma televisão que recebe um sinal de antena com outra que recebe o sinal via cabo ou satélite, sendo a primeira o padrão da superfície do seu planeta, e a segunda o do interior da Terra. Neste caso, mais canais são disponíveis – e disponíveis numa definição mais rica – mas estamos falando de dimensões paralelas quando usamos o termo canais.
Assim, dentro da Terra existem paralelos separados, sucintamente justapostos lado a lado e em superposição concêntrica, que permitem que formas diferentes de vida coexistam sem verdadeiramente se tocarem, por assim dizer. E exatamente do mesmo modo que muitos canais estão disponíveis em um mesmo aparelho de televisão, assim também existem muitos planos de dimensão paralela dentro da mesma Terra, ou melhor, da mesma Omni-Terra. De fato a maioria dos extraterrestres que mantêm bases no interior da Terra as mantêm nesses padrões de frequência paralela, que podem ser chamados de campos holográficos concêntricos. Entendem?
Então, existem muitas formas de vida nas concentricidades da Terra, muitas das quais estão aqui há muito mais tempo do que a espécie humana, muitas das quais se consideram com tanto direito à Terra quanto vocês. Mas, na verdade, aqueles que estão mais estreitamente alinhados com a espécie humana são os da antiga LeMúria.

PERGUNTA: Onde esses seres vivem, e como se parecem?

METATRON: Na verdade, esses seres da LeMúria são muito mais altamente evoluídos em espírito do que vocês, neste momento. Como eu disse, seus corpos são menos densos, mas são realmente físicos. A pele deles assumiu um matiz esverdeado e, em alguns casos, verde azulado, porque a água que eles bebem tem um conteúdo altamente mineral, contendo cobre oxidado e outros metais em maior concentração. Estes seres são pacíficos, não conhecem nenhuma outra religião além do amor da fonte, e compreendem o que é chamado de grande tranqüilidade. Eles estão muito conscientes de vocês, mas não têm nenhum desejo de se inter-relacionar. Por quê? – vocês perguntariam. Devido a inúmeras razões, sendo que a mais predominante é que eles estão conscientes da sua natureza violenta, do seu medo e da sua falta de desenvolvimento espiritual coletivo. Estão conscientes das suas doenças físicas, algumas das quais poderiam contaminá-los potencialmente, e eles são incapazes de suportar seus raios solares. Digamos que eles evoluíram em seres que estabeleceram uma rota exclusiva e estão prestes a completar sua jornada. Seus corpos são sustentados por uma força cristalina magnética, e por uma fonte de luz que é emitida do centro do seu planeta. Suas capacidades mentais permitiram que eles aproveitassem esses campos de força e os adaptassem para o seu sustento físico e espiritual. Embora eles estejam numa biologia física, ela é uma biologia mais quadridimensional e muito menos densa do que a de vocês. Muitos deles são bem hábeis naquilo que vocês chamam de tele-transporte.
Realmente houve contato entre os habitantes do mundo interno e os seus governos, mas não um inter-relacionamento. Houve mensagens sobre a necessidade da raça humana da superfície estar consciente das mudanças que viriam. Como dissemos antes, os seres do mundo interior estão numa rota diferente, num ciclo de tempo diferente, e este está próximo da conclusão.
Você perguntou onde esses vazios internos estão localizados. Tendo em mente o aspecto da dimensionalidade paralela, lhe respondemos que, nos seus termos, a maior concentração desses vazios está em terras sob os mares, mas existem bolsões abaixo de todas as massas de terra. As regiões do noroeste dos Estados Unidos, as montanhas de Arkansas, Novo México, Arizona, México, América Central, Peru, Grã-Bretanha, Europa, os Himalaias, Chile, Argentina, África, Bolívia, Brasil, China, Sibéria, Groenlândia, Islândia e Sri Lanka, todas elas contêm colônias intraterrenas.

PERGUNTA: A que profundidade eles vivem, dentro da Terra? A Terra tem pontos de acesso a esses vazios internos?

METATRON: Dissemos que pontos de entrada ocorrem nos pólos e em muitas aberturas na superfície do planeta. É impossível definir a profundidade, já que são realmente paralelos em termos de dimensão, e as medidas, nos seus termos físicos, não são verdadeiramente válidas. Alguns dos vazios e comunidades menores estão bem perto da superfície, mas as principais áreas ocas estariam, nos seus termos, a mais ou menos 20 milhas abaixo da camada da superfície e algumas, numa profundidade aproximada de 100 milhas. (Seus geólogos achariam difícil imaginar isto devido à sua interpretação da pressão e calor, mas lhes dizemos que estes lugares existem, e a vida existe dentro deles através da arregimentação de campos de força)
Mas estas distâncias são relativas à multidimensionalidade paralela. Se, por exemplo, você conseguisse entrar por uma das regiões dimensionais polares ou por uma das suas passagens dimensionais trianguladas, em uma Terra paralela, em um continuum de espaço-tempo diferente, a que distância você verdadeiramente se encontraria do ponto em que entrou? A resposta pode estar em polegadas ou éons, dependendo do modo como você a enxerga. A ciência que está mais próxima do entendimento preciso da infinidade dos mundos é a física quântica, e esta ciência está apenas começando a ser compreendida nas comunidades científicas da Terra. O paradigma precisa mudar, assim como a base geométrica e matemática, antes que esta ciência seja decifrada com exatidão no seu plano.
As principais entradas para os vazios internos do planeta são através das Regiões Polares. Os aspectos dimensionais expandidos da sua Terra(s) multidimensional estão conectados de forma quântica nos pólos. O aspecto magneticamente achatado das Regiões Polares é que possibilita a existência das áreas ocas na esfera planetária. Seu Almirante Byrd escreveu a respeito de voar sobre essa região e ver terras tropicais onde rios corriam. Nós lhes dizemos que ele realmente passou dimensionalmente, por um breve período atemporal, para dentro do aspecto paralelo da Terra oca, e que ele e outros fizeram isto em várias ocasiões.
Nas Regiões Polares, o hiper-transporte dimensional pode ocorrer sob uma série de condições específicas. O transporte dimensional pela abertura polar é mais ou menos como atravessar um campo cônico inclinado e íngreme, virando rápida e elipticamente. A sensação é de subitamente estar “achatado” de novo, ou paralelo à superfície. Na verdade, se está realmente numa dimensão paralela. Os seres do interior da Terra existem nesse tipo de espaço. Existem muitas raças e seres na sua Terra “multidimensional”. Inclusive muitos que vocês chamam de extraterrestres, que poderiam reclamar a cidadania do seu planeta com tanta convicção quanto vocês. Na verdade, na maioria dos casos, eles estão na Terra há mais tempo do que a humanidade.

PERGUNTA: Isto inclui os seres que chamamos de Yeti ou Devas?

METATRON: Não. Esses seres também existem, mas não estão entre os LeMurianos e os primeiros Atlantes que se aventuraram no interior da Terra.

PERGUNTA: Poderia nos falar sobre os Yeti? Estes são os mesmos seres que chamamos de Pé Grande?

METATRON: Esses que vocês chamam de Yeti ou aqueles chamados de Pé Grande são versões anteriores do experimento genético na Terra, principalmente da fase da Atlântida, há aproximadamente 20.000 anos atrás, linearmente falando. Naquele tempo, havia muitos experimentos genéticos no seu planeta. Esses seres são inteligentes, mas geneticamente prejudicados. Essas formas gigantescas foram criadas geneticamente usando o DNA humano com o do macaco, para criar um animal humanóide para mão-de-obra, um animal com mais inteligência – com inteligência semelhante à do homem – mas com uma fiação genética ou implantes impostos, que “desligavam” certas áreas do cérebro. Eles são sobreviventes daqueles que vocês chamam “os outros” de Atlântida. São remanescentes de seres insensivelmente criados para força de trabalho nas minas, fazendas e silvicultura. As áreas dos seus cérebros que permitem a emoção e o pensamento expansivo tiveram seus códigos artificialmente prejudicados, no entanto a mesma fonte que habita estas criaturas deficientes está nos golfinhos, mas seus corpos são incapazes de se expressar ou de evoluir mentalmente além de certos limites. Entretanto eles possuem o que vocês chamam inteligência divina. Mas só conseguem se sustentar e crescer através da força física e dos mecanismos do instinto de sobrevivência.
Esses seres não moram nos vazios da Terra. Eles vivem em cavernas e montanhas distantes e nas florestas fechadas e terras pantanosas. São seres noturnos. São uma raça que está minguando, por assim dizer, e com o tempo não mais existirá. Estes seres têm muito medo dos humanos, e experienciam muita tristeza e confusão quanto à própria evolução. Eles os observam cautelosamente, eles sabem que são seus irmãos, e com uma ansiedade atormentada querem estar mais perto de vocês, mas são suficientemente inteligentes para saber que não podem. Seus corpos desenvolveram uma massa espessa de cabelo e uma pele grossa e oleosa que lhes permitem viver em locais extremos, e aí eles vivem a era final de suas vidas. Seus espíritos não desejam mais se completar, já que suas limitações genéticas são tantas, que os impedem de evoluir, entretanto eles estão presos num ciclo do qual lhes é difícil sair, devido às suas limitações genéticas. Os filtros genéticos ou implantes colocados em sua biologia inibem sua capacidade de realmente acessar sua inteligência divina, e assim eles permanecem tristemente presos num ciclo recorrente.
Se vocês pudessem olhar dentro dos olhos de um desses seres, sentiriam uma grande tristeza.

PERGUNTA: Você está dizendo que os Yeti são da mesma fonte espiritual dos golfinhos?

METATRON: Sim, originalmente é a mesma fonte. Mas sejamos claros – embora seja a mesma fonte, não a mesma expressão. Na verdade, está muito longe disto. Vejam, essas criaturas não expressam a mesma emoção vívida, a mesma inteligência e alegria dos golfinhos, porque os corpos onde estão presos não lhes permitem fazer isto. Você pode se perguntar por que esses espíritos escolheriam habitar tais veículos físicos tão restritos. E a resposta é que cada vez menos espíritos fazem esta escolha, e em breve eles deixarão de existir como espécie. Os que restam desejam desesperadamente ir embora, mas ainda não encontraram os meios internos para escapar dessa armadilha. Mas estão diminuindo em números, porque não têm mais o desejo de procriar e nem a biologia que lhes permita um nascimento normal. Em poucos séculos eles terão desaparecido.
Estes seres são capazes de expressar grande força e astúcia para sobrevivência, e realmente têm uma grande ligação entre si, manifestando lealdade um pelo outro, mas, nos seus aspectos mais elevados, eles estão bem conscientes da sua incapacidade para se expandir, nessas expressões corporais, em direção à sua verdadeira natureza e divindade. Muito pouco da natureza verdadeira e superior desses seres pode ser trazida à tona. Por isto, nesses corpos, eles não são seres iluminados e, embora alguns metafísicos queiram pensar neles como consciências evoluídas, com capacidades de invisibilidade, na verdade eles não são assim.
Se o homem continuar a sujar os oceanos, e a abater as energias magníficas das baleias e golfinhos, estes irmãos maravilhosos também vão abandonar esse papel. Vocês não têm idéia da energia luminosa que as baleias e os golfinhos manifestam nos seus mares. Vocês se surpreenderiam se soubessem que muitos de vocês existem como golfinhos, tanto no presente quanto no passado? Fazem isto para prestar um grande serviço ao planeta e à humanidade.
Vejam, os alinhamentos de rede, os pontos de poder e os buracos brancos que existem no seu planeta não existem apenas na terra seca, na verdade a maioria deles existe nas águas externas e internas. Os golfinhos principalmente, e em alguns casos as baleias, alinham suas energias com esses locais para ajudar a equilibrar a energia do seu planeta. Certas baleias são, em essência, navios biológicos habitados por seres multi-conscientes de Sírius, enquanto os golfinhos são expressões singulares de consciência altamente evoluída. Ambos são de Inteligência Divina.
Aquilo que vocês chamam de Reino Dévico tem muito mais expressões de vida nos oceanos e lagos do que nas pedras, nas plantas de terra e no solo.

PERGUNTA: O que é o Reino Dévico?

METATRON: Aquilo que chamamos de Reino Dévico é constituído essencialmente de aspectos fragmentais do reino mineral e vegetal que encontram expressão dinâmica consciente através de veículos de energia eletromagnética. Algumas formas dévicas são mais adiantadas do que outras. As do Reino das Fadas possuem inteligência divina, enquanto outras do Reino Dévico são mais como os seus animais, em termos de padrões de pensamentos e consciência grupal. Nem todas as formas dévicas são o que vocês poderiam imaginar de uma natureza positiva ou benevolente. Algumas são consciências geradas por campos eletromagnéticos e, como tal, necessitam tanto do positivo quanto do negativo para equilibrar o espectro elétrico, entendem? Algumas vêem a humanidade como irmãos, outras não. Algumas são extremamente amorosas, outras são um tanto maliciosas, do seu ponto de vista. Mas ambas são formas de vida elétrica, por assim dizer.
Mestres, todas as formas de vida são sagradas, e é apropriado que, enquanto crescem em consciência, tentem entender a miríade do grande mistério. Lembrem-se que para se crescer na luz é preciso eliminar o medo e quebrar o paradigma dos sistemas de crença limitadores.

ENCERRANDO:
Encerramos dizendo-lhes que toda a vida se origina da luz, e que a luz se origina da consciência. Do pensamento! Sua missão na Terra é experienciar a dualidade, crescer, aprender e buscar a luz. Seu propósito é experienciar a vida e procurar o entendimento. Para fazer com que o mistério seja conhecido, vocês descobrirão que o amor é a vibração de toda a criatividade, e que a busca do conhecimento, do verdadeiro conhecimento, é o elemento chave do crescimento.
Agora, existem certos filtros na sua mente consciente, não só devido à sua construção genética, mas também ao seu propósito no seu espaço-tempo continuo. Como vocês poderiam se focalizar verdadeiramente na experiência que escolheram de estar na ilusão da dualidade linear se, ao mesmo tempo, estivessem conscientes de estar em outras dimensões, de viver vidas paralelas no AGORA? Vejam, este não é o propósito do ego.
Mas estes filtros podem ser superados entrando-se no cérebro posterior, no campo cristalino! Agora vocês têm o conhecimento para serem melhores. Mas saibam que o conhecimento maior é alcançado pela busca através da mente meditativa – o Cérebro Divino – e inserindo-se este conhecimento no computador que vocês chamam de mente consciente. Aprendam a trabalhar com ambos!
Nós lhes dissemos que o Amor é a chave. Na verdade, o Amor é uma linguagem da luz, e ele existe em muitos formatos adiantados. O zênite máximo do amor existe na freqüência do raio gama, e é excessivamente potente para ser recebido no plano da Terra. Também lhes dissemos que o Amor Incondicional é a forma mais elevada de Amor, e que ele não pode ser verdadeiramente entendido na terceira dimensão. Pode ser imaginado, mas não verdadeiramente compreendido na terceira dimensão. Isto não quer dizer que o Amor Incondicional não exista para vocês, ou que ele não seja acessível no plano da Terra. Na verdade, ele é, mas se expressa na quinta dimensão e dimensões mais elevadas. Este conceito pode ser confuso para vocês, pois pensam que experienciaram o Amor Incondicional. Isto é correto, porque vocês o experienciaram, podem experienciá-lo e realmente o experienciam. Mas não o estão experienciando na dualidade da terceira dimensão. A terceira dimensão é uma dimensão condicional, e é profundamente programada, intricadamente planejada na polaridade. O amor tem seu oposto polar na terceira dimensão, assim como o tem a luz e tudo que existe dentro do espectro eletromagnético. O Amor Incondicional é realmente experienciado no campo de ponto zero, portanto não tem polaridade. O campo de ponto zero não é um campo de dualidade nem de polaridade. O padrão dimensional mais “baixo” que permite a experiência de aspectos do Amor Incondicional é a quinta dimensão. E é nesta (e em dimensões acima desta) que vocês o têm experienciado. Entendem?
Queridos, enquanto vocês crescem, nós lhes dizemos que, na verdade, num nível mais elevado, vocês já estão totalmente conscientes das intricadas verdades de todas as expressões da sua alma expandida. Isto se dá através daquilo que vocês chamam de subconsciente, que é a centelha de Deus, e que todos vocês podem acessar através da Mer-Ka-Na. Através do esforço! Através da intenção! Através da impecabilidade! É um lindo sonho, e é tão complexo quanto o cubo de 12 dimensões de Metatron! Façam com que o mistério seja conhecido!

Eu Sou Metatron e Vocês são Amados!

E assim é.


----------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

O desafio da aceitação



Um dos maiores equívocos que cometemos no que se refere aos relacionamentos, especialmente aos afetivos, é acreditar plenamente que vamos conseguir mudar o outro.

No começo, quando estamos tomados pela paixão, ele nos parece o ser mais perfeito e encantador do mundo. Entretanto, conforme o tempo passa e passamos a conhecê-lo melhor, vamos percebendo seus defeitos e suas limitações.
Mas, esta constatação, por ser contrária ao sonho e à fantasia que acalentamos, se torna difícil de ser aceita. Então, criamos em nós uma ilusão, a de que nosso amor será capaz de transformá-lo de maneira definitiva.

Agarramo-nos a esta crença porque ela nos é muito confortável. E, ainda que o outro nos envie sinais suficientes para percebermos que a mudança não acontecerá, insistimos em permanecer cegos, até que finalmente se torne impossível para nós suportar a realidade da desilusão.
Aí, passamos a culpá-lo por nos ter decepcionado e traído nossas esperanças. Ocorre que não podemos nem devemos esperar que alguém mude, simplesmente motivado pelo nosso desejo.

Querer que o outro se amolde ao modelo que criamos em nossa imaginação, é uma atitude irreal, que acaba sempre gerando sofrimento. Enquanto permanecemos nessa tentativa, o tempo passa e um dia percebemos quanta energia gastamos nessa tentativa vã.

Aceitar nossa própria imperfeição é o primeiro passo para que abandonemos o sonho de encontrá-la no outro. Sem isto, continuaremos presas fáceis da decepção, pois nenhum relacionamento será capaz de preencher nossas expectativas.

" .... Pequenas coisas são suficientes para criar barreiras, e estamos todos vivendo com as nossas defesas, de modo que os outros não podem saber exatamente o que nós somos. Nós lhes permitimos conhecer apenas aquela parte do nosso ser que é aceitável a eles. Esse é um dos fundamentos da nossa miséria.
As pessoas são diferentes e nós deveríamos nos alegrar e regozijar em suas diferenças, em suas variedades. Seu julgamento não vai mudar ninguém; talvez seu julgamento possa criar uma teimosia na outra pessoa em não mudar. Quem é você para mudar a pessoa?

Esses são os segredos da vida. Se você aceita alguém com totalidade, ele começa a mudar, porque você lhe dá total liberdade de ele ser ele mesmo. E a pessoa que lhe dá total liberdade de você ser você mesmo... - você gostaria que aquela pessoa fosse feliz; no que lhe diz respeito, ele lhe deu a dignidade e a honra de aceitá-lo.

É muito natural que, se você vê algo em você que não está certo - embora a outra pessoa o aceite como você é - você deseje ser até melhor, por causa dela; ser mais meigo, mais amoroso, mais delicado por causa dela.

Eu o aceito como você é. Eu não tenho nenhuma expectativa sobre você - eu não quero que você seja modelado dentro de uma certa idéia, dentro de um certo ideal. Não quero fazer de você uma estátua morta. Quero que você fique vivo, mais vivo... e você pode ser vivo somente se a sua totalidade for aceita - não apenas aceita, mas respeitada....".
OSHO - O Esplendor Oculto.

Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga,
Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Carta de Jesus



Caro amigo, como sabes meu amigo, eu não pedi muitas coisas durante a minha vida.

Pedi a Zaqueu que abrisse a sua casa, um pouco de água fresca à Samaritana, um burro para entrar em Jerusalém, uma sala de jantar para celebrar a Páscoa.
Não me interessavam as coisas, mas as pessoas. Interessava-me sobretudo a amizade: pedia amigos que me seguissem, que fossem fiéis e coerentes e continuassem minha missão.
A minha preocupação, hoje, é mesma. Olhai que tenho um desejo de continuar a fazer o bem, pois vejo tanta gente triste e necessitada. Sinto pena ao ver crianças morrendo de fome, jovens a queimar a vida na droga, idosos entregues à solidão, esposos se divorciando, violência e guerra em tantas partes do planeta, pessoas vivendo sem dignidade.
Enfim, isto e outras coisas que vós sabeis.
O que te peço é que Me emprestes as tuas mãos para com elas continuar a curar, a abençoar e a acariciar; peço-te que Me emprestes os teus pés para que possa continuar a acudir às chamadas de tantos desesperados; peço-te a tua língua para anunciar as boas notícias aos pobres, e denunciar as injustiças e hipocrisias;peço-
-te o teu rosto para sorrir a toda gente, aliviando tensões e construindo a paz;
peço-te, finalmente, o teu coração para que possa continuar a amar quem não é amado. Se me emprestas a tua corporeidade, eu poderei continuar a ser visível para os homens do nosso tempo.

Os meus seguidores serão “um outro Jesus” na terra.
Dar-te-ei o meu Espírito. Ele te inspirará os critérios que deves ter, os sentimentos que deves possuir e o modo que deves agir.
Tudo isto te peço em nome do meu Pai e teu Pai Celeste.

Esperando uma resposta positiva, abraço-te cordialmente. Jesus.

Os princípios do Johrei

Muito interessante, para conhecermos melhor este tratamento maravilhoso....

http://www.youtube.com/watch?v=sesUoxP-U00

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

As sementes necessitam umas das outras.....



Ashtar diz: "As Sementes necessitam umas das outras para ativação de suas lembranças e desempenho de suas missões universais. Fiquem em alerta para aqueles que procuram participar e desenvolver suas capacidades em função do crescimento grupal. A linguagem dos sentidos fará estas sementes procurarem uns aos outros. Sentir-se-ão “em casa” quando envolvidos pela mesma harmonia, paz e serenidade."

Muito importante





Treinai aquietar o externo, ainda que seja por cinco minutos, três vezes ao dia. Ao terminar, com toda a calma de vosso Ser, chamai a Poderosa Presença "EU SOU" à ação, e obtereis todas as provas do mundo que desejais ter da Presença, Poder e Domínio de vosso "Divino Deus Interior".

St Germain

terça-feira, 30 de novembro de 2010

O espírito do Falcão





Vejam que lindo..... maravilhoso!!!

http://www.youtube.com/watch?v=oyal6HUA8YE

Os animais reencarnam????



Eu, Kuthumi, os saúdo mais uma vez. Eu venho a pedidos para responder à pergunta: “Os animais têm vidas múltiplas como os seres humanos?”

Esta é uma questão interessante e será de interesse para muitos. Em primeiro lugar eu devo dizer que todos os animais contêm uma consciência. Algumas espécies contêm uma consciência mais desenvolvida do que outras. Entretanto, todos os padrões de comportamento resultam do DNA e da consciência. O homem tem frequentemente considerado os reinos: elemental, das plantas, mineral e animal como inferior a si mesmo. Entretanto, todos fazem parte da criação e todos contêm consciência.

Todas as formas de vida aos olhos de Deus são preciosas.

A resposta à pergunta é sim, eles reencarnam. O exemplo mais conhecido que eu posso lhes dar é o do cão, muitas vezes conhecido como o seu fiel companheiro. A alma de um cão evolui a cada tempo de vida de experiência. Enquanto o cão evolui a cada existência, ele normalmente forma uma ligação estreita com um ser humano, frequentemente mais do que uma. Como o cão não pode falar a sua linguagem, ele se comunicará através da energia e das expressões faciais.

Por favor, lembrem-se de que eu uso o cão como um exemplo. Vocês frequentemente sentem a energia dos cães. Aquele que for evoluído proporcionará uma energia pacífica quando vocês passarem a sua mão através de sua pele. Pessoas mais velhas frequentemente recebem uma grande cura a um nível energético de um animal. Elas se sentem calmas, tranqüilas na presença de um animal evoluído. Aqueles que estiverem doentes, muitas vezes se curarão mais rapidamente com a presença intermitente de um cão.

O cão tem uma natureza muito fiel àqueles a quem ele considera como a sua família. Muitas vezes, o cão tirará energeticamente a energia negativa de seu campo de energia. Naturalmente, se houver muita energia negativa o cão pode e ficará doente, e algumas vezes até morrerá devido à grande quantidade de energia negativa que foi “tirada” de vocês. Muitos animais trabalham a um nível energético, particularmente o cão e o gato domésticos.

Aqueles animais que permanecem em seu estado nativo, os que vocês denominariam animais selvagens, evoluem, entretanto, em um ritmo mais lento. Sua consciência não é tão desenvolvida, assim o seu foco está na sobrevivência e no cuidado dos seus filhotes.

Agora o tema da encarnação. Deixem-me continuar com o exemplo do cão.

Quanto mais evoluída for a consciência do animal, mais eles serão capazes de comunicar os seus sentimentos.

Com isto, eu quero dizer, naturalmente, dos sentimentos do corpo emocional. Sentimentos de amor, de tristeza, de felicidade, de questionamento: “Por que, por que você está indo embora?”, por exemplo. Também, sentimentos de grande tristeza. Tudo isto o cão é capaz de comunicar a vocês através dos seus olhos físicos e de seu próprio campo de energia intuitiva. Assim quando há uma relação estreita entre um cão e um ser humano, um laço é formado. Isto é semelhante ao que vocês experienciariam com outro humano. Vocês se referem a estes como “almas gêmeas”. Assim vocês podem ter um cão, gato, ou um cavalo como um companheiro de alma também. Lembrem-se, por favor, de que isto somente ocorre em uma relação estreita com um animal de consciência evoluída.

Além disto, assim como os seres humanos decidem antes da encarnação desempenhar uma parte na vida dos outros na próxima encarnação, assim podem os animais com um ser humano. O animal pode não ter a mesma aparência que na vida anterior. A pele pode ser de uma cor diferente, por exemplo. Pode ser um cão de raça diferente. Entretanto, eles se encontram e o laço entre o cão e o ser humano é fortalecido. Ambos estão cientes de um forte sentimento de se “conhecerem”. Isto é ao nível da alma, que é conscientemente sentido como um “conhecimento”. Ambos escolheram isto.

Este é um nível superior de consciência para o cão. O cão encarna através da escolha. Neste nível, a jornada da vida é também conhecida antes da encarnação. Situações e circunstâncias da vida colocarão o cão e o ser humano juntos, no momento correto em ambas as vidas. O crescimento e o propósito da alma fluirão, como é pretendido.

Qualquer Carma devido é também experienciado e esperamos, curado. Assim, vocês percebem que há experiências semelhantes de crescimento de alma, tanto para o humano, quanto para o cão.

Muitas vezes um animal reencarnará na vida de um humano. Vocês podem reconhecer padrões anteriores de comportamento de um cão que pensavam que os tinha deixado (morrido).

Entretanto, o cão se lembra, em todos os planos, assim como os seres humanos se lembram, quando eles fazem a transição. Assim como vocês carregam uma marca da alma, inclusive certos traços de caráter, assim carrega um cão. Um gato é também capaz disto. Eu lhes digo isto enquanto eu observo esta, Lynette, realizando uma leitura. Eu vejo os animais domésticos vindo para reconhecer a pessoa junto com os seus entes queridos que fizeram a transição. Quando eles morrem, todos eles residem no mesmo plano que vocês vêem.

Talvez, este seja um lembrete oportuno de lembrar à humanidade de respeitar todas as formas de vida. Todos desempenham uma parte na evolução da consciência do homem e do planeta. Enquanto vocês se preparam para entrar em um ano de União, de avançar em relação ao outro, eu lhes peço que se lembrem dos muitos reinos que também compartilham o planeta – o reino elemental, o reino vegetal, o mineral e o animal. Eu lhes peço que desenvolvam uma nova consciência para estes. Não se trata só de vocês – do ser humano. Não é não. Agora vocês devem começar a despertar a sua consciência de compartilhar – com todos. Pois isto é parte da grande criação de Deus.

Kuthumi

-------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Despertando o Amor Incondicional por nós mesmos





Eu me amo e me aceito.
Tranquilizo-me e reconheço: Eu sou sagrada(o) em todas as minhas acções, pensamentos, palavras.
Minha vida manifesta Deus onde quer que eu esteja!
Não importa o que eu faça ou deixa de fazer, sei que sou amada(o) por um Universo infinito e compassivo.
Sei agora que tenho valor, porque sou filha(o) do Altíssimo Deus do Universo.
Reconheço agora que sou um diamante.
Meu valor é imutavelmente positivo, porque é uma herança espiritual.
Sei que mereço todas as bençãos do Universo e permito que todas elas façam parte da minha vida AGORA.
Escolho me aceitar e me aprovar em todo o meu Ser.
Eu mereço Amor, porque o Altíssimo Deus do Universo me criou.
Mereço Amor porque sou Sagrada(o).
No mundo divino não há culpas ou pecados. Sei agora que não tenho culpas ou pecados.
Eu me perdôo, porque os meus erros não são erros e sim experiências de crescimento e aprendizado.
Minhas acções não são usadas contra mim e eu continuo imutavelmente merecedor(a) de Amor e respeito.
Escolho ter por mim um Amor incondicional, assim como é o Amor de Deus por mim.
Sou Mestre(a) da minha vida e escolho ser o(a) meu(minha) melhor Amigo(a).
Sou equilibrada(o) e capaz de me amar em todas as ocasiões.
Sou pleno(a) e completo(a) em mim mesmo.
Tenho perfeito dominio e controle sobre todas as minhas energias.
Sou Mestre(a) e Senhor(a) da minha vida e minha mente subsconsciente funciona a meu favor.
Dirijo minhas energias para a conquista dos meus direitos divinos.
Mantenho-me sempre em equilibriio perfeito porque me amo a mim mesmo(a), respeito-me e percebo meus dons e potenciais.
Gosto de mim, me perdôo.
Me comprometo a tratar-me com amor e respeito.
Escolho viver de maneira celestial e acolhedor(a) de mim mesmo(a).
Eu estou em paz comigo e com o Universo inteiro!

Assim é!

FEIJÕES OU PROBLEMAS....




Reza a lenda que um monge, próximo de se aposentar, precisava encontrar um sucessor. Entre seus discípulos, dois já haviam dado mostras de que eram os mais aptos, mas apenas um poderia sucedê-lo. Para sanar as dúvidas, o mestre lançou um desafio, para colocar a sabedoria dos dois à prova: ambos receberiam alguns grãos de feijão que deveriam colocar dentro dos sapatos, para então empreender a subida de uma grande
montanha.
Dia e hora marcados, começa a prova.
Nos primeiros quilômetros, um dos discípulos começou a mancar.
No meio da subida, parou e tirou os sapatos. As bolhas em seus pés já
sangravam, causando imensa dor.
Ficou para trás, observando seu oponente sumir de vista.
Prova encerrada, todos de volta ao pé da montanha, para ouvir do monge o
óbvio anúncio. Após o festejo, o derrotado aproxima-se e pergunta como é
que ele havia conseguido subir e descer com os feijões nos sapatos:

- Antes de colocá-los no sapato, eu os cozinhei - foi a resposta.

Carregando feijões ou problemas,

há sempre um jeito mais fácil de levar a vida.

Problemas são inevitáveis. Já a duração do sofrimento é você quem
determina....

APRENDA A COZINHAR OS SEUS FEIJÕES!!!!
--------------------------------------------------

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Desdobramento(projecção astral) fotografado



Conheça um, entre raros casos, onde uma pessoa passou por uma experiência fora do corpo (desdobramento, projeção astral) e teve seu corpo astral (perispírito) fotografado em um local distante.


Dezessete de maio de 1953, entre 13h e 14h, em frente ao Cassino lnterlaken, Suíça. Joaquim da Silva Gomes, juntamente com sua esposa, Maria Estela Barbosa Gomes, deixavam-se fotografar pela filha Terezinha. Dias depois, chegando em Portugal, revelaram o filme e esta foto os surpreendeu profundamente: ao lado do casal, com toda nitidez, aparecia o Dr. Otávio Bandeira de Lima Coutinho, grande amigo da família, que deveria estar em sua residência, no Recife!
Na suposição de que o amigo tivesse desencarnado, Joaquim enviou a foto a uma das filhas do Dr. Otávio. Este de pronto remeteu uma carta bem humorada ao amigo, identificando-se na foto e reconhecendo inclusive o terno, a gravata e o alfinete como seus, pois estavam bem visíveis. Esclareceu que, na data e no horário em que foi batida a foto, adormecera numa cadeira de balanço na varanda de sua residência. Disse não se recordar de nada que se relacionasse com a foto, a não ser que pensara muito nos amigos distantes antes de adormecer.
Este é um caso típico de desdobramento ou bilocação (projeção astral), narrado pelo Anuário Espírita – 1983. É o fenômeno pelo qual o espírito de pessoa mediunizada, ou em estado de sonolência ou mesmo de sono, transporta-se de um lugar para outro com aparência de realidade ou com tangibilidade real.

Desdobrado do corpo, o espírito sente-se liberto
Segundo Kardec, o espírito aproveita-se com satisfação da oportunidade de escapar da prisão corporal sempre que pode. É um dos mais curiosos e ricos fenômenos anímicos, em que o ser se move livremente, pensa melhor, decide com maior conhecimento, mantém intenso intercâmbio com encarnados e desencarnados, segundo seus interesses e afinidades.
É freqüente ocorrer com todas as pessoas, porém nem todas conseguem se lembrar, após o regresso ao corpo físico, do que fizeram durante o tempo em que estiveram parcialmente libertadas deste. Geralmente atribuem tudo a um sonho comum, ou seja, aquele resultante de suas disposições físicas ou psicológicas.
Diz Hermínio Miranda que “é nesse estado que o espírito consegue entrar na posse de algumas de suas faculdades superiores, pelo acesso aos arquivos da sua memória integral. Daí lembrar-se de encarnações passadas e até mesmo, em situações especiais, afastar a densa cortina que encobre o futuro”.
Por sua vez, Martins Peralva, ao analisar as situações em que pode ocorrer essa libertação espiritual, chama a atenção para a existência, nos trabalhos mediúnicos, do chamado médium de desdobramento, ou seja, “aquele cujo espírito tem a propriedade ou faculdade de desprender-se do corpo, geralmente em reuniões”. Desprende-se e excursiona por vários lugares na Terra ou no Espaço, a fim de colaborar nos serviços, consolando ou curando.
No caso de um médium de desdobramento desejar aprimorar a sua faculdade e aumentar os seus recursos, diz o autor que há condições de ordem moral das quais não pode prescindir: vida pura, aspirações elevadas, potência mental, cultivo da prece e exercício constante.
A respeito desse tipo de médium, diz André Luiz: “considerável número de pessoas, principalmente as que se adestram para esse fim (desdobramento), efetuam incursões nos planos do espírito, transformando-se, muitas vezes, em preciosos instrumentos dos benfeitores da espiritualidade, como oficiais de ligação entre a esfera física e a esfera extrafisica”.
Um depoimento de Hermínio Miranda confirma exatamente essa atividade mediúnica. Diz o autor, referindo-se a uma personagem do seu livro Diversidade dos Carismas: “É comum observar-se em Regina o trabalho mediúnico específico e bem caracterizado em desdobramento. Em várias oportunidades, em vez do espírito manifestante ser trazido ao grupo, ela é que vai ao encontro dele, o que dá conhecimento antecipado ao dirigente dos trabalhos. Desprende-se e é levada pelos amigos espirituais”.

Segundo desdobramento
Mas as pesquisas revelam que não se trata de um fenômeno restrito aos seres que ainda estão na carne. Experiências realizadas por Albert de Rochas informam que poderá ocorrer um segundo desdobramento, a partir do perispírito já desdobrado do corpo físico, quando se separa daquele a essência espiritual.
Este fenômeno é ratificado por André Luiz em Nosso Lar, quando o autor desencarnado visitou, conscientemente, o espírito de sua mãe, habitante de plano superior ao seu, após desdobrar-se de seu corpo perispiritual que ficara em repouso numa das unidades da instituição à qual fora escolhido.
Toda obra de caridade da espiritualidade, inclusive as que podem se realizar durante um desdobramento, lembram-nos os versículos da Surata do Socorro, no Alcorão:

“1. Quando te chegar o socorro de Deus e o triunfo; 2. E vires entrar a gente, em massa, na religião de Deus; 3. Celebra, então, os louvores de teu Senhor e implora o Seu perdão, porque Ele é remissório”.

Artigo publicado na Revista Cristã de Espiritismo, edição 10
http://www.rcespiritismo.com.br/index.php?option=com_content&ta...

Os chacras nos animais


Querida Georgina




Pedindo desculpa de só agora responder - não tenho ido ver se tem perguntas/comentários -

mea culpa... rsrsrsrs informo o seguinte:

Os chacras dos gatos são iguais aos dos cães, sim, e tratam-se da mesma forma.


O gatinho surdo de nascença, pode aplicar reiki na cabeça, zona dos ouvidos e cerebrelo.


Espero ter ajudado.

Abraços cósmicos

Fernanda

A Alegria e o Medo




Sou Shiskar da Confederação Galáctica de Órion.

Amados amigos da Terra, sabemos que estão passando por momentos difíceis, devido a todas as mudanças ocorridas no seu planeta. Sabemos também da dor e do sofrimento que estas circunstâncias estão provocando em vocês, afetando suas vidas nos planos mental, emocional e físico. Entretanto, quero lhes dizer que estamos alertas e estamos protegendo-os. Nós os amamos e vocês não estão abandonados.

Apesar destes momentos complicados, queremos lhes oferecer uma saída. Esta saída, que supera a dor, a tristeza ou qualquer situação difícil para vocês, se chama ALEGRIA! Queremos vocês alegres!

Vocês me perguntarão: “Mas Shiskar, como podemos estar alegres com tudo isto que está acontecendo na Terra?!”

Eu lhes digo que os entendo, mas vocês estão falando através do seu ego, que está se rebelando porque não quer perder o comando. E o comando é o MEDO.

É preciso anular e eliminar este medo!

“Como?” – vocês me perguntarão.

Eliminando o registro que existe dentro de vocês e que provoca este sentimento de medo. E uma das formas de se desconectar do medo e de fazer com que este comece a diminuir, é através do sentimento de ALEGRIA.
Vocês se esqueceram que são seres alegres e têm a ALEGRIA dentro de seus corações.
Esta energia deveria ser despertada todos os dias, a cada minuto, a cada segundo, e teria que ser gravada nas suas células, nos seus elétrons, nas partículas e ondas dos seus corpos.
Cada órgão do corpo de vocês deveria sentir-se alegre; seu estômago, seu coração, suas pernas, seu sangue e todo o corpo físico expressando, através das suas células e partículas, o sentimento de alegria! Porque cada célula, cada partícula dentro de vocês são vocês mesmos. Cada célula pensa e sente o que a sua mente pensa, o que o seu coração sente.
Assim, se o seu pensamento é de tristeza, cada partícula do seu corpo ficará triste e logo virá a doença, porque isto debilita o sistema de defesa imunológico e este também pensará com tristeza.
A causa das doenças está na mente, nos seus pensamentos e não nos fatores externos. Os fatores externos são atraídos por vocês, para que se possa concretizar a doença que já está gravada na sua consciência.
A alegria os ajudará a equilibrar todos os seus sistemas internos. E podem encontrá-la em tudo que os rodeia; na natureza, nos animais, na gratidão ao Universo por tudo o que lhes proporciona diariamente e que não conseguem perceber.

Já falei sobre isto antes, em outras mensagens.
Escutem música alegre, meditem, dancem e riam, riam muito! Verão que interiormente começarão a ter outra percepção do mundo que os rodeia. Porque a risada ajuda a produzir a mudança química nos seus corpos, contribuindo também para que possam progredir interiormente. A risada contribui para a expansão das suas consciências.
Elevem os olhos ao Céu, amados terráqueos, e vejam a beleza que lhes é oferecida pelo Criador do Universo. Vocês se sentirão mais estimulados a trocar estes pensamentos de tristeza e dor, por outros de alegria, esperança e convicção de que o novo tempo já está aí, dentro de vocês – que nunca saiu daí, que sempre esteve aí, mas que vocês não o enxergavam por causa dos enganos do ego.

O novo tempo é alegre, cheio de júbilo e com anjos dançando a música das estrelas!
Agora a sua decisão depende de vocês. Estamos ajudando naquilo que nos permitem ajudá-los. Sempre os amamos e queremos o melhor para vocês. Lembrem-se que não estão abandonados.

Os Confederados da Galáxia de Órion estão com vocês.

Muito Amor e Alegria para todos!

Shiskar, intergaláctico de Órion.
(psicografado em 02-05-2009)
Mónica U. Ytier